UMA MÃE ARGENTINA EM PORTUGAL

Fui mãe há 10 anos e, desde esse momento, descobri que a forma como educamos uma criança, tudo o que lhe ensinarmos (e o que não lhe ensinarmos) vai definir o adulto que um dia será.
Desde ensinar a pedir desculpas, ser agradecido ou dar valor à amizade até encorajar a arriscar sem medo de cometer erros, cada detalhe vai fazer diferença.
Uma criança pode ser muito inteligente, mas se não for suficientemente incentivada pode não ter ferramentas para tirar partido das suas capacidades.
No meu caso, a maternidade (e a vida diária) acontece em dois idiomas, que, a pesar de serem muito parecidos, precisa sempre de um esforço acrescido. Às vezes penso que ainda não perdi o meu sotaque castelhano porque quero manter algo da minha identidade.

Sempre me interessei pela psicologia, e como na Argentina as pessoas vão ao psicólogo como quem vai ao ginásio, é para mim natural “fazer terapia” com as minhas amigas ou querer analisar qualquer comportamento.

Gosto de partilhar informação útil e passo a vida a perguntar aos outros como fazem para gerir a vida com as crianças porque quero aprender e melhorar.

Espero que este cantinho cibernético  sirva também para trocar ideias, dicas e desabafos, de forma despretensiosa e descontraída, como uma conversa entre amigos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s