Portugal de luto

Tem sido difícil não pensar no que aconteceu este fim de semana em Pedrógão Grande. A medida que os dias passam, os números começam a ter nome, cara, história. Começamos a ver fotos, olhares e sorrisos. Entre tantas, se conta a história de um casal que foi de lua de mel, deixando o filho com um tio (agora vítimas do incêndio), depois o casal com filhos pequenos que foram passar o fim de semana fora e não voltaram.
Cada caso é uma história única. Podia ser qualquer um de nós.
É tudo tão incerto que, mesmo quando achamos que tomamos as melhores decisões, que tomamos precauções, que ponderamos todos os cenários, algo fora do nosso controlo pode aparecer e decidir para sempre o nosso futuro, estragando também a vida dos que ficam.
Se foi culpa do raio, do vento e do calor. Se foi culpa da falta de medidas efetivas de parte dos governos para evitar estas tragédias, o que é certo é que não foi culpa das vítimas.
Hoje o país está de luto e fico com a sensação de que ter a minha família com saúde já é uma grande sorte.

portugal luto.jpg

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s