Lugares de sonho em Portugal

Quando chega o verão e o tempo bom começo a pensar na quantidade de sítios pendentes que tenho para conhecer em Portugal mas acabo por ir sempre à praia para aproveitar o mar nesta altura de calor.
Há tantos lugares maravilhosos para conhecer, tanto em Portugal continental como nas ilhas, que decidi agora fazer uma pequena lista, que partilho aqui convosco. Pode ser que vocês também tenham destinos para recomendar-me.

Lagoa das Sete cidades
https://www.guiadacidade.pt/es/poi-lagoa-das-sete-cidades-18513

lagoa sete.jpg

Parque Nacional Peneda Gerês
http://www.geira.pt/pnpg/trilhos.html

peneda geres.gif

Grutas Mira de aire
http://www.grutasmiradaire.com/pt/39/formacao-das-grutas

grutas mira de aire.jpg

Aldeias de xisto
http://aldeiasdoxisto.pt/category/geografia

talasnal.jpg

Advertisements

Atelier de verão para as crianças

Nos últimos anos tenho escolhido um par de semanas de atividades de verão para o meu filho mais velho. Costumo procurar que sejam de desporto e ao ar livre, mas este ano achei muito interessante um atelier chamado “The inventors”. Não é desporto nem é ao ar livre mas ele gostou muito e ainda tem o resto do verão para estar cá fora na piscina, praia ou onde quiser.
O programa que o Juan fez chama-se Leonardo Da Vinci e  inclui electrónica analógica, stop motion e até um spinner (que era o mais esperado por eles)
Recomendo para aqueles miúdos curiosos que acham piada saber como se fazem as coisas.
Mais informação sobre os programas disponíveis:  https://theinventors.io/verao-2017/

semana inventors 1.png

Cuidados com as crianças nas férias

Uma coisa que me chamou sempre a atenção em Portugal é o relax de muitos pais quando estão na praia ou em parques com as crianças.
Por ser de Buenos Aires, às vezes parece que tenho 10 olhos no corpo e todos os sentidos alertas quando tenho que cuidar uma criança num sítio público. Lá não convêm ficar desatento porque pode custar caro. Já nem tem a ver com perder a criança, o pior problema é que alguém pode levá-la de propósito.

Hoje encontrei um artigo sobre os cuidados a ter com os miúdos e achei interessante esta ideia:  Truque para nunca perder a sua criança numa multidão

Também esta disponível uma pulseira da PSP para identificar a criança quando alguém a encontra: Pulseira Estou aqui

No verão, só é preciso muita atenção e protector solar. O resto é viver o momento.
Boas férias!

niño playa.jpeg

As delícias da minha terra

Quando vamos viver para outro país sempre deixamos atrás os sabores que nos são mais conhecidos, aqueles que adoramos.
Em Portugal aprendi a cozinhar coisas que na Argentina nunca tivesse aprendido porque se vendem já feitas no supermercado. O que não dispenso nunca é o doce de leite.
Já aprendi a fazer doce de batata doce (óptimo), alfajores e outros doces fantásticos que me levam por uns instantes às minhas ruas de Buenos Aires, às reuniões com amigos, ao quiosque da esquina.

buenos aires.jpg

Como tenho alguma preguiça de fazer empanadas, costumo contar com As Empanadas do Maxi. Ele faz a minha receita de empanadas preferida e, quando preciso, entrega em casa congeladas e é só pôr no forno e comer até dizer chega.
Outra coisa que não falta em casa são os alfajores:  um doce típico, que se trata de duas bolachas recheadas com doce de leite. Estão presentes em todas as festinhas, reuniões e até é uma óptima opção para dar como presente a alguém . Para mais informação sobre os alfajores, espreite em Delícias argentinas.

alfajores.jpg

É bom conhecer novos sabores mas também é bom ter, de vez em quando, contacto com as nossas raízes.
Experimentem! Depois não digam que não avisei.

Exposição Guerreiros de Xian

Este fim de semana estreia-se na Cordoaria Nacional a Exposição Guerreiros de Xian, com 150 réplicas, em tamanho real, do exército de terracota do primeiro Imperador da China.
Também haverá ateliers para crianças, de caligrafia chinesa, arqueologia e pintura.
Não perco !
Mais informação em  http://www.guerreirosdexian.com/

terracota1.jpg

Ideias de presentes para as professoras

Falta só um mês para acabarem as aulas. O Juan está a contar os dias, ansioso por começar as férias, dando por terminado assim o 1º ciclo.
Quando chega o fim do ano, muitos pais costumam dar um presente à professora. Acho simpático dar um miminho à pessoa que dedica a maior parte do ano a ensinar os nossos filhos.
O outro dia encontrei uma ideia de presente super giro, que nunca tinha visto. São uns carimbos com frases que os professores usam muito no dia a dia.
No mesmo site há outros produtos disponíveis. Vale a pena espreitar https://www.facebook.com/materialdoprofessor/

carimbos 2

Como adoro coisas personalizadas, de vez em quando dou uma volta pela página de Pampa mia para ver as novidades e encontrei também uma quantidade de presentes “made with love”, na sua maioria para mulheres, mas há algumas também para homens.

medalla profesora itemsllavero profmedalla profesora

Gostaria muito de saber as vossas opiniões sobre estas ideias e, se tiverem outras, partilhem nos comentários. 😊

Piolho não é palavrão

Lidei com piolhos toda a minha infância e adolescência e, por isso, não tenho vergonha nenhuma de falar no assunto em primeira pessoa. Os piolhos gostam do meu sangue, fazem festa até as tantas no meu cabelo, quando conseguem fazer a ponte na cabeça de alguém que os leva até a minha.
Ao contrário do que se pensa, os piolhos gostam de viver em cabeças limpas porque conseguem fixar-se melhor e andar de um lado para outro. Consigo reconhecer uma lêndea ao longe e um piolho num palheiro.
Quando o meu filho começou a escola, foram aparecendo também estes bichinhos maléficos.
Percebi logo que ninguém fala do assunto como se fosse tabu. Dizer que o filho tem piolhos deve ser algo muito feio, de pais que não se ocupam da higiene dos rebentos!
Eu, pelo contrário, prefiro avisar toda a gente para que tomem precaução e não continuem a contagiar-se qual efeito dominó.
Só de ver o meu filho a coçar a cabeça fico maluca de pensar que posso apanhar outra vez. Quando estava grávida do Santi, o Juan Cruz apareceu com piolhos e eu apanhei logo de seguida, desesperada porque na gravidez não se podem usar os remédios tóxicos que se vendem para os piolhos. Foi nessa altura que uma amiga me recomendou que usasse óleo de tea tree (árvore de chá), que se vende nas lojas de produtos naturais.
Aquilo é uma espécie de milagre para alguém como eu. Umas gotas um par de vezes, durante 2 ou 3 dias, e nunca mais senti nada. Maravilha!
Recomendo plenamente e até dá para ir usando como repelente. Tem um cheiro forte mas compensa nas vantagens.
Fica a dica! E lembrem-se que é sempre melhor falar do assunto abertamente do que ficarmos todos com piolhos.
Agora, com licença, vou revistar a cabeça do meu filho, que já estou a coçar de tanto falar neles.

piojos.jpg