Verão com música ao vivo

Esta semana começa a temporada de música ao vivo no Quiosque das Amoreiras.
Os vizinhos esperam por esta época para se juntarem lá fora, no Jardim das amoreiras, de copo na mão, em noites quentes, ideais para conviver com os amigos ao som de variados ritmos.
Os shows,  sempre executados por grandes músicos, alguns habituais do Quiosque e outros novos, têm criado, ano após ano, um ambiente descontraído e familiar.
As crianças também podem brincar nos baloiços e até há quem leve o cão para ouvir um pouco de música.
O programa é com entrada livre e acontece às Sextas-feiras durante todo o verão, sendo o primeiro no dia 9 de Junho às 22.
Para ficar a par da programação de cada semana, pode seguir a página de Facebook do Quiosque das Amoreiras
Encontramo-nos lá !

foto quiosque noite.jpg

Nova escola de percussão em Lisboa

Venho de uma família de bateristas. Em casa a bateria tocava e os vizinhos queixavam-se do barulho a toda hora. Como a bateria estava sempre ocupada pelos meus irmãos, eu acabei por não aprender a tocar (tenho uma ideia, claro, mas não tenho prática). Foi então que já com 20 anos decidi estudar percussão e dediquei uns anos a aprender diversos instrumentos.

O ritmo faz parte da minha vida. Mais tarde aprendi sapateado e ando sempre a fazer ritmos com as mãos em tudo lado. Tanto que , uma vez um pediatra me disse, durante a consulta, que eu andava muito nervosa, que tinha que acalmar um pouco. Era difícil explicar que isso não tem nada a ver com estar nervosa, é só o ritmo que sempre me acompanha.

Em Lisboa não vi até agora escolas especializadas em percussão mas acaba de abrir uma na Av. João XXI , com variedade de cursos e professores. Conheço alguns deles e recomendo vivamente a quem tem o bichinho do ritmo na alma ou aos profissionais que querem saber mais sobre os variados ritmos do mundo.
A escola chama-se Tambou. Fica aqui o site com toda a info http://tambou.pt/

set percu

 

Portugal não precisa da Eurovisão

banco mic.jpg

Não é preciso ir até Kiev para conhecer os bons músicos portugueses.
Em Portugal o que não falta são bons músicos. Só temos que sair do conforto do sofá para ir ouvir música ao vivo, cara a cara com os artistas. Nas ruas de Lisboa há muitos “Salvadores” que são cantores, pianistas, guitarristas, etc.  que dão tudo cada noite, proporcionando momentos únicos , onde a partilha é o mais importante.
A música vive fora da televisão, em bares, teatros e centros culturais. Está disponível todo o ano, sem necessidade de concursos mediáticos.

Percebo perfeitamente o orgulho de ganhar um concurso europeu. Agora falta que Portugal perceba que Eurovisão é uma vez por ano mas a boa música se faz todos os dias na esquina de casa.

O MEU NOVO DISCO!

O meu segundo disco chama-se DE AIRE e foi lançado em 2016. Nele incluo os meus primeiros originais, o que faz com que seja um disco especial para mim.
Está disponível em plataformas digitais e pode ouvir-se AQUI .
O disco foi apresentado em Fevereiro no Casino Estoril e no dia 28 de Abril vamos tocar este novo repertório no Casino da Figueira.
Veja AQUI o video do single “Ya verás”.

capa de aire